warning: Memcache::delete(): php_network_getaddresses: getaddrinfo failed: No address associated with hostname in /var/www/root/sites/www.youthforhumanrights.org/web/sites/all/modules/memcache/dmemcache.inc on line 140.

Uma Retrospectiva do Ano 2009 da Youth for Human Rights

As nossas mensagens acerca dos Direitos Humanos estão a ecoar pelos ares! Estamos na televisão, rádio, meios de comunicação, Internet, salas de aula, grupos de jovens, cartazes, em teatros e grandes auditórios em países em todos os continentes. Esta manhã, às 5 da manhã, em comemoração do Sexagésimo Primeiro Aniversário da Declaração Universal dos Direitos do Homem das Nações Unidas (DUDH), a nossa equipa em Barbados deu início à nossa Caminhada Internacional pelos Direitos Humanos, seguida pelas equipas de países como Áustria, Canadá, Dinamarca, França, Eslováquia, Somália, Reino Unido e EUA. Mais de sessenta caminhadas e/ou eventos foram realizados para aumentar a consciência acerca dos trinta Direitos Humanos que pertencem a todas as pessoas universalmente. Arte e ensaios foram enviados por correio e e–mail a partir de países como o Quénia, Filipinas, Coreia do Sul, EUA e muito mais. Crianças com 10 anos desenharam o conceito dos Direitos Humanos de formas únicas e maravilhosas!

O objectivo da Youth for Human Rights International (YHRI) é ensinar aos jovens os Direitos Humanos, em específico a Declaração Universal dos Direitos do Homem das Nações Unidas (DUDH), e inspirá–los a tornarem–se defensores da tolerância e da paz.

O lançamento do nosso último vídeo, A História dos Direitos Humanos, está a levar a nossa campanha a um nível totalmente novo. Este vídeo dá um vislumbre fácil de compreender da história dos Direitos Humanos desde há muito até aos dias de hoje.

O lançamento dos nossos novos pacotes para professores inclui manuais do professor, vídeos, cartazes, assim como livros para os estudantes. Graças a um dos nossos patrocinadores generosos, somos capazes de oferecer pacotes gratuitos a professores por um período de tempo limitado. Nós enviaremos o pacote para qualquer lugar do mundo!

As nossas equipas de voluntários dedicados continuam a aumentar em números à medida que alcançam as suas comunidades, aumentando a consciência acerca dos Direitos Humanos e responsabilidades. Pequenas reuniões em salas de aula, grandes campanhas em campos desportivos, concertos, conferências, concertos de rap, pintura e debate, lança a campanha para números cada vez maiores.

Inspirado pela Equipa de Corridas de Carros promotora da YHRI e com sede no Reino Unido que realizou a “Race 4 Human Rights”, o Canadá também entrou na corrida com o seu próprio carro da YHRI a promover os Direitos Humanos a alta velocidade. Neste momento a campanha atingiu não só a Europa mas tembém a América do Sul!

Seguindo os passos de Mahatma Gandhi, estamos a ser a mudança que queremos ver. A nossa campanha tem–se expandindo no Sul da Ásia com números sempre crescentes, com as nossas filiais na Índia agora em expansão para o Sri Lanka, Bangladesh e muito mais.

As comunidades aborígines na Austrália estão a espalhar a palavra. Criaram o seu próprio logotipo da YHRI e estão a ensinar os Direitos Humanos a jovens e adultos nas cidades, nas áreas rurais e no interior da Austrália.

Em colaboração com a Fundação para os Direitos Humanos e Tolerância da África, estamos a fazer um enorme progresso na África do Sul e noutros países africanos. No Quénia, temos agora uma versão local do nosso livro O Que São os Direitos Humanos?, completo com imagens locais.

Estudantes no Gana, Libéria, Serra Leoa e Togo participaram no Projeto Africano de Liderança dos Direitos Humanos da YHRI. Eles fizeram pesquisas, escreveram artigos, fizeram vídeos e ensaiaram e entregaram discursos poderosos sobre os Direitos Humanos aos seus semelhantes, comunidade, meios de comunicação e líderes locais.

O Presidente da Câmara de Los Angeles proclamou o nosso sexto ano do Dia da Youth for Human Rights para a cidade de Los Angeles. Os Presidentes da Câmara de Arcadia, Burbank, Clearwater, Santa Clarita e Tampa também proclamaram o Dia da Youth for Human Rights para as suas cidades, para ajudar a ensinar os jovens dos seus distritos eleitorais sobre os Direitos Humanos.

Las Vegas foi a localização da nossa Cimeira Global dos Direitos Humanos, generosamente patrocinada pela Associação da Amizade Americo–Iraniana. O Presidente da Câmara de Las Vegas e um alto funcionário das Nações Unidas deram as boas–vindas aos nossos delegados da juventude, que incluíam delegados de Bangladesh, França, Alemanha, Geórgia, Quirguistão, Marrocos e Ilha Formosa.

Equipas em centros comerciais, edifícios públicos e até mesmo praças da cidade, reuniram assinaturas pedindo aos líderes para publicar o texto da Declaração e “fazer com que seja disseminada, exposta, lida e mostrada principalmente em escolas e outras instituições escolares, sem qualquer distinção baseada na posição política de países ou territórios”, de acordo com a Assembleia Geral das Nações Unidas (dezembro de 1948).

A nossa sexta Cimeira Internacional dos Direitos Humanos, foi realizada em Genebra, sede do Escritório do Alto Comissariado para os Direitos Humanos das Nações Unidas. Delegados de países como o Congo, Itália, Nepal, Nigéria, África do Sul, Sri Lanka, Suíça e um membro local da comunidade vietnamita discutiram os Direitos Humanos e o papel importante da educação nos Direitos Humanos. Funcionários da ONU, Embaixadores e líderes religiosos e comunitários, juntamente com muitas outras pessoas, louvaram, apoiaram e encorajaram as nossas equipas.

Durante a Tournée Mundial 2009 que circulamos pelo mundo passando pela Argentina, Austrália, Barbados, Colômbia, Jordânia, México, Rússia, África do Sul, Suíça, Timor–Leste, Uganda e EUA. Fomos aos encontro de jovens nas escolas, centros comunitários e orfanatos. Foram realizadas reuniões para promover a educação nos Direitos Humanos com chefes de Estado, diplomatas, funcionários governamentais, líderes religiosos e comunitários, e realizámos eventos na comunidade.

Milhões de pessoas aprenderam acerca dos Direitos Humanos no conforto dos seus lares e escritórios, nos restaurantes e em qualquer lugar que a rádio, televisão ou Internet alcançassem. O número de visitantes do nosso site YHRI explodiu exponencialmente. As pessoas estão a passar tempo no site, assistem a vídeos, aprendem quais são os seus direitos e aderem às nossas equipas. E agora, durante um curto espaço de tempo, os educadores podem encomendar um pacote gratuito para o professor, cortesia dos nossos patrocinadores generosos, com apenas um clique no nosso site.

Eu quero reconhecer os Membros do Conselho Internacional da Youth for Human Rights International, assim como os Membros do Conselho Consultivo, incluindo o Presidente da Câmara Almog Burstein, Dr. Pouran Ameli, Professor Ian Hall, Reverendo McKinney, Xerife Leroy Baca, Sheeraz Hasan e Irving Sarnoff. Um agradecimento especial ao Departamento de Direitos Humanos da Igreja de Scientology Internacional pelo seu apoio excepcional. Obrigado pela sua atenção e apoio. Cada um dos nossos voluntários, doadores, patrocinadores, colaboradores e simpatizantes são os nossos heróis por levarem esta mensagem vital ao mundo e por estimular a nossa expansão exponencial global.

Encoraje os seus familiares e amigos a juntarem–se ao movimento global para ensinar os Direitos Humanos em www.youthforhumanrights.org ou visite www.humanrights.com. Por sermos uma organização sem fins lucrativos, contamos com as nossas filiações, donativos e patrocínios, para além do trabalho dos nossos voluntários dedicados que ajudaram em todo o mundo. Você também pode descobrir mais sobre os nossos diferentes níveis de patrocínio. A questão não é quanto custa ensinar direitos humanos, mas sim quanto custa não fazê–lo.

Sem vocês não poderíamos ter alcançado estes resultados astronómicos. A sua ajuda é muito necessária e apreciada. Com a sua ajuda e estas campanhas e materiais da Youth for Human Rights é muito fácil ensinar os Direitos Humanos!

Desejo–vos um 2010 maravilhoso e produtivo!

Com os melhores cumprimentos,

Mary Shuttleworth, Doutora em Educação e
Presidente